quinta-feira, 30 de maio de 2013

Algum advogado me lê?

Assim um que me pudesse aconselhar numa coisa rapidinha pro bono era supimpa!

7 comentários:

Linda Porca disse...

Talvez seja possível, desde que expliques o que entendes por adovago :-D

Arisca disse...

Linda, já ficou resolvido! :)

Linda Porca disse...

Ora bem ;-)
Já é mau quando se precisa de um adovago. Se for de um advogado então, pior ainda! :-D

(disléxica?)

Arisca disse...

De todo. É daquelas coisas que acontecem quando uma pessoa escreve à pressa e não tem grande receio de parecer analfabeta porque está muito em paz com isso desde a escola primária. :p

Linda Porca disse...

Também não seria grave, mas ainda bem que não!

Essa paz na escrita nota-se muito na tua, e é muito boa :-)

Belle du Jour disse...

Tens duvidas em quê?

Arisca disse...

Belle, obrigada mas entretanto entregamos o caso a um advogado :)

Web Analytics