quinta-feira, 13 de junho de 2013

Por Barcelona tudo bem

tirando o facto da coisa mais saudável que comi desde Domingo ser a alface de um hambúrger, da máquina fotográfica ter avariado e ter perdido as fotos todas e da net ser uma merda e não conseguir responder aos comentários. De resto está tudo muito benzinho, o Bairro Gótico é muito simpático, o mercado ali para Las Ramblas deu-me três motivos para me desgraçar: gelados, bolos e coxinhas de frango do tamanho do Kilimanjaro. Mas como bebi um suminho natural já me sinto mais saudável outra vez. O museu de História Natural, errr, está arranjadinho mas depois do de Londres a fasquia fica muito alta. O congresso foi do caralho, valha-me Deus que nunca vi tanto QI por metro quadrado. Claro que tivemos direito a activistas que, debaixo do sol que levaram na mona, desistiram do protesto em 0,2 seg. Há que ser mais fiel à protecção da pele do que a uma causa e, a bem dizer, se "apanham" cancro de pele não se safam sem terapias testadas em animais, uma maçada. E sim, acho que toda a gente é livre de se manifestar mas os hipócritas, cá por mim, podiam morrer de uma caganeira violenta preferencialmente causada por folhinhas de alface mal lavadas. E ainda tenho tudo para ver porque até hoje tive muito para aprender e stands de patrocinadores para roubar. Os suecos continuam muito loiros e altos, os ingleses continuam muito formais, os espanhóis continuam a falar mal inglês e os portugueses continuam muito peculiares, a título explicativo, menciono apenas o gajo que conseguiu comer a base de esferovite de um bolo achando que era óstia e dizer "come-se mas não sabe a grande coisa" do alto do seu conhecimento gastronómico. E é isto.

Este post levou 5 minutos a ser escrito e uma eternidade a ser publicado mas os meus nervos estão bem, obrigada.

3 comentários:

Linda Porca disse...

Esferovite por hóstia? Olha, pena não ser esse um dos activistas, era logo menos um! :-D

A Madeirense disse...

E tiveste direito a activistas com as mamocas à mostra ?!
Essas são as melhores activistas :P

Arisca disse...

Linda, era uma placa fininha. Aquilo parece-me esferovite mas houve quem defendesse que era uma espécie de espuma. Seja o que for, o gajo comeu aquela merda e ainda há-de estar para a cagar!

Madeirense, nada de maminhas à mostra. :( Tive muita pena. Eram mesmo só uns monos vestidos de preto e com cartazes absurdos de coisas nada relacionadas com o que acontece na realidade. Curiosamente, nenhum deles me pareceu viver no meio de um monte com horta e plantação de ervas aromáticas para combater as doencinhas com infusões. Isso ou aspirina que, não tendo sido testada em animais, já se pode tomar. Não interessa nada que tenha sido testada em campos de concentração nazis. E lá estou eu outra vez com tremeliques nos olhos. :)

Web Analytics