quinta-feira, 26 de setembro de 2013

E agora, um regresso ao registo original.

Hoje apeteceu-me empadão. Fiz puré caseiro com um garfo, qual macgyver da cozinha, estufei a carne, estava tudo bem temperado e a correr bem, como sempre porque eu sou uma cozinheira do caralho, até ao momento em que precisei de bater um ovo para dourar a cena. Ovo esse que não tinha. Recorri à vizinha gaiteira do primeiro andar que me disse que não come ovos por causa do cóstrol e lá vim de mãos a abanar. Como último recurso, fui à velhota do rés-do-chão (os do terceiro odeiam-me e desejam que o ovo me provoque uma caganeira cor de gema), e vim de lá com vontade de cair pelas escadas e falecer, infelizmente a vergonha ainda não mata. A minha vizinha  informou-me que o meu estimado namorado, esse pedacinho de céu estrelado, devia ter mais cuidado quando anda nú pela casa. Eu, numa de tentar reagir à lambada que aquilo me pareceu, disse que era de boxers que ele andava, mas a mulher, embora velha, ainda não tem Alzheimer, e respondeu: "Não, aquilo vê-se tudo!", de olhos muito esbugalhados. PUMBA. Ao que parece, a cabeleireira do lado viu o badalo do meu namorado e quase cegou. A vizinha afiançou-me que não se incomoda, que já tinha visto e que por ela tudo bem. Ora, perante esta confissão, só posso conluir que o meu Caetano anda com o sono um bocado perturbado porque durante a noite tem sido muito requisitado nos sonhos da D. Lizete. Disse-lhe que ela não tinha de quê, que sempre reavivava a memória e lavar as vistinhas nunca matou ninguém e vim de lá com meia dúzia de ovos caseiros e um beijinho. Eu bem sabia que isto de ter um namorado nudista ia dar mau resultado, por isso agora vejo-me obrigada a mudar para a minha residência de inverno, a dele.

9 comentários:

Didi disse...

Ó Arisca, onde é que vives mesmo?? Já agora ia fazer uma visita aí à vizinhança e tal ehehe

Pusinko disse...

Gosto que estejas de volta. E gosto do registo original :)
E Deus abençoe o teu gajo por alegrar vistinhas em gente com risco de cataratas e males parecidos!

Dani disse...

Tu esconde o homem, ainda é raptado pela velha! Adorei saber de ti, principalmente ver-te feliz. Bbeijo grande

Maria do Mar disse...

Não tenho andado muito nestas andanças, mas já tinha saudades de me rir contigo. Espero que estejas bem, e queria ver-te de volta.

Espero que tenhas um sorriso no coração e coisas boas pra contar :)

Eu tenho uma novidade pequenina e boazinha, que quando chegou me fez lembrar de ti :) *

Abracinho <3

Maria do Mar

Arisca disse...

Didi, anda agora que o homem está na varanda :D

Pusinko, a mulher até deve ter ficado regalada!

Dani, às vezes tenho saudades disto mas já não me faz falta :) Estás boa?

Maria do mar, quero saber a novidade, já! :)

Snail disse...

Ah! Saudades deste teu registo! :D

A Pimenta* disse...

Adoro desde já o teu humor :)

Maria do Mar disse...

Fanico, recebeste o meu comentário em resposta à tua curiosidade? :) beijinhos <3

Arisca disse...

Maria, sim, vi! MAs entretanto já não tinha o teu mail e tenho-me esquecido disto aqui. Fiquei contente por ti. Como está a correr tudo? Beijinhos :)

Web Analytics