sábado, 16 de fevereiro de 2013

A comédia que é cuidar de um homem com gripe


O Objectivo do Caetano neste momento de dor era ser uma espécie de Barney ali de Almada (ele entretanto saiu de Almada e Almada saiu de si, prometo). A coisa prometia até a gripe lhe dar uma valente vergastada nos costados e o arrumar para a cama. A partir daí, foi um espectáculo digno de um Coliseu ou de um Maria Vitória. 

A saber:

- Estou awesome (ao seu lado repousava o equivalente a uma floresta em lenços de papel). 
- (Depois de ir à casa de banho) Estou muito melhor, caguei a constipação. 
- (Depois de se assoar vigorosamente e com o nariz do Rodolfo) Acho que vou dar uma corrida.
- (Agarrado a mim, aos beijos) Ahhhhhhh, toma lá gripe para não saíres de casa.
- Anda tomar banho comigo, estou doente, preciso de ajuda.
- Não reclames comigo, estou doente.
- Dá-me beijos, estou doente. 
- Preciso de mimos, estou doente.
- Sou muito chato quando estou doente?
- Este chá que me deste é laxante? 

-.-' 

5 comentários:

A Madeirense disse...

Os homens são uns panisgas quando estão doentes...

Arisca disse...

Matilde, o meu fica com ar de puto indefeso e é uma verdadeira comédia.

pastora disse...

"estou doente!" é uma boa desculpa para pedir de tudo :P
eu cá acho que são impossíveis de aturar, quando estão doentes... e quando não estão também... verdade seja dita!

Arisca disse...

Pastora, não escrevi nem metade.

Maria do Mar disse...

(Depois de ir à casa de banho) Estou muito melhor, caguei a constipação.

Esta foi a melhor bolacha do pacote!

Web Analytics